Blog Esalqueanos

Luiz Vicente de Souza Queiroz (Vavá; F66)

20/06/2022 - Por evaristo marzabal neves
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

267 views 3 Gostei 0 Não gostei

Para o Campus Luiz de Queiroz, o mês de junho traz lembranças saudosistas com o culto de três datas de considerável significância e reverência ao seu fundador. São os dias 03, que marca sua fundação com a primeira aula na Escola Agrícola Prática de Piracicaba (em 1931 recebe a denominação atual: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), dia de nascimento em 12/06/1849 e de falecimento em 11/06/1898, quando completaria 49 anos no dia seguinte.

O que representa o legado de Luiz de Queiroz para o município de Piracicaba, já que nasceu em São Paulo, neto do Brigadeiro Luiz Antônio e filho do Barão de Limeira, de tradicionais e abastadas famílias paulistanas? Em sendo paulistano, o que trouxe Luiz de Queiroz à Piracicaba?

Apoiado em sua história, transcrevo trechos: "Aos oito anos de idade, como era de costume na época, foi enviado para a Europa para receber uma educação de melhor qualidade. Lá estudou nas escolas de Agricultura de Grignon, na França, e de Zurique, na Suíça Alemã"... "Com a morte de seu pai (Barão de Limeira) em 1872 recebeu, entre outros bens, a Fazenda Engenho d'Água, na antiga Vila Nova da Constituição", hoje Piracicaba a partir de 1877... "Após um ano, então com a idade de 24, tomou posse de sua nova propriedade"... "Mas Luiz de Queiroz tinha um sonho maior do que sua riqueza. Ele pensava com determinação e ternura na instalação de uma escola agrícola assim como ele estudara na Europa. Para tanto, arrematou a Fazenda São João da Montanha em hasta pública em 1889. Com 319 hectares de área, a propriedade tinha uma ótima localização contornada pelo rio de Piracicaba e ribeirão Piracicamirim e excelente qualidade"... "Confiante na transformação do sonho em projeto real foi à Europa encomendar o projeto arquitetônico para uma Escola Agrícola e Fazenda Modelo e aos Estados Unidos, de onde trouxe um professor de Agricultura e dois arquitetos". Isso idealizado pelo visionário empreendedor Luiz de Queiroz ao redor de 1890.

Em 2006, fruto desta ideia e de sua beleza arquitetônica e mundo vegetal, o Edifício Central, o Parque e parte do conjunto que compõe o Campus foram tombados pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephat). Em 2007, a Esalq foi anunciada como uma das sete maravilhas de Piracicaba, ao lado do Engenho Central, Rua do Porto, Bairro Monte Alegre, Parque do Mirante, Horto Florestal de Tupi e Mercado Municipal (inaugurado em julho de 1888).

Outro motivo importante, e que realça e causa orgulho para Piracicaba, é que a Universidade de São Paulo/USP, fundada em 25/01/1934, teve sua origem compreendida em dois Campi: São Paulo, com as unidades Faculdade de Direito, Escola Politécnica, Faculdade de Medicina, Faculdade de Farmácia e Odontologia e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (criada em 1934), e Piracicaba, com a Esalq (fundada em 1901), primeira unidade do interior na criação da USP. Hoje a USP tem 42 unidades de ensino, distribuídas nos municípios de Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos e São Paulo. Ademais, registro internacional da identificação de Piracicaba se efetua em diversos "rankings" nacionais e mundiais como, por exemplo, no ranqueamento promovido pela US News and World Report em 2018 e que classifica as melhores universidades no mundo em 22 áreas do conhecimento, posicionando a Esalq em 5º lugar entre as 97 principais instituições de ensino superior em Ciências Agrárias, ficando atrás da Wageningen University and Research Center/Holanda, University of California em Davis/EUA, China Agricultural University/China e Cornell University/EUA.

A identidade internacional de Piracicaba se efetiva também no mundo científico, educacional e cultural, principalmente via Esalq e Centro de Energia Nuclear na Agricultura/Cena, através de convênios, intercâmbios, congressos e outros eventos,. Na área de convênios acadêmicos, a Esalq os mantém com inúmeros países, sendo que os parceiros com maior atividade acadêmica são Bélgica, Colômbia, Estados Unidos, França, Japão e Holanda.

Daí a simbologia e lembrança das três datas de junho referenciadas no início deste artigo, alusivas, na linha do tempo, à importância do legado de Luiz de Queiroz e o quanto representa, desde sua fundação em 1901, para o Campus Luiz de Queiroz e para Piracicaba.

----------------------

Evaristo Marzabal Neves, Prof. Sênior - Esalq/USP.

(Publicado na Gazeta de Piracicaba, Ano XIX, n. 4860, 18/06/2022, p. 2 - Opinião)

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES